CineBuzz
Famosos / EITA!

Meias usadas por Michael Jackson no primeiro moonwalk podem ser leiloadas por até 2 milhões de dólares

Itens são de uma apresentação em 1983, quando o cantor fez o famoso passo pela primeira vez

Redação Publicado em 06/11/2019, às 11h55 - Atualizado às 13h06

Meias usadas por Michael Jackson, morto em 2009, serão leiloadas - Reprodução/Instagram
Meias usadas por Michael Jackson, morto em 2009, serão leiloadas - Reprodução/Instagram

Tem fã que faz o impossível para se sentir mais próximo do seu ídolo, colecionando desde a toalha suada conseguida em show a um copo usado pelo ícone, em casos mais extremos. Agora, os fãs de Michael Jackson, morto em 2009, poderão ter uma peça bastante exclusiva do rei do pop: um par de meias utilizado pelo cantor em sua primeira apresentação do famoso passo de dança moonwalk. Mas para obter a lembrança, será preciso desembolsar uma quantia que pode chegar a 2 milhões de dólares.

Michael utilizou o par de meias durante o show Motown 25: Yesterday, Today, Forever, gravado em Pasadena, na Califórnia, em 25 de março de 1983 e performou o passo que viria a ser sua marca registrada durante a música Billie Jean. Algum tempo após o show, ele deu o par de meias de presente a seu empresário, Frank DiLeo, acompanhado de uma carta.

++ Michael Jackson: relembre 10 covers famosos do rei do pop

As meias estão sendo leiloadas por Linda DiLeo, viúva de Frank, que morreu em 2011, e acompanham uma carta assinada por ela que atesta a autenticidade das peças. Para obter a lembrança única do artista, os interessados terão que desembolsar, no mínimo, 100 mil dólares, que é o lance inicial do leilão.

A estimativa é de que as ofertas cheguem a 2 milhões de dólares, então as meias devem ser obtidas por muito mais do que os 100 mil dólares iniciais. Nada impede que o valor aumente ainda mais, inclusive. O leilão será feito a partir do dia 13 de novembro pelo site Gotta Have Rock and Roll, que acumula diversos itens de artistas para serem leiloados.

Reprodução/Gotta Have Rock and Roll

++ HBO ganha primeira disputa judicial contra herdeiros de Michael Jackson por Deixando Neverland

No começo de 2019, o nome de Michael Jackson foi envolvido em uma polêmica, com o cantor sendo novamente acusado de pedofilia. As acusações surgiram após a estreia do documentário Deixando Neverland, do diretor Dan Reed, que traz depoimentos gráficos e detalhados dos abusos que Wade Robson e Jimmy Safechuck teriam sofrido quando ainda eram crianças.

A produção trouxe mal estar entre os fãs do cantor, que não acreditam nas acusações, e gerou muitas dúvidas sobre a veracidade dos depoimentos, já que os envolvidos haviam negado os abusos quando eram mais novos.