CineBuzz
Busca
Facebook CineBuzzTwitter CineBuzzInstagram CineBuzz
TV e Séries / Séries / RETROSPECTIVA 2022

Bruna Marquezine e Manu Gavassi não puderam salvar "Maldivas" do fracasso | #RetrospectivaCineBuzz

Série estreou na Netflix em 2022 e não conseguiu passar de sua primeira temporada

Henrique Carvalho-Nascimento Publicado em 30/12/2022, às 08h00 - Atualizado em 31/12/2022, às 08h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Bruna Marquezine e Manu Gavassi não puderam salvar "Maldivas" do fracasso em 2022 - Divulgação/Netflix
Bruna Marquezine e Manu Gavassi não puderam salvar "Maldivas" do fracasso em 2022 - Divulgação/Netflix

"Maldivas" foi uma jogada esperta da Netflix para aproveitar o sucesso de Manu Gavassi na 20ª edição do "Big Brother Brasil". Bruna Marquezine, melhor amiga e torcedora número um, pegou o bonde andando e aproveitou o período da pandemia de coronavírus para alimentar a fama da dupla. O resultado foi a produção criada por Natalia Klein ("Adorável Psicose"), que estreou em junho deste ano.

Infelizmente - e a gente torceu muito para que isso não acontecesse -, "Maldivas" não alcançou o nível de suas protagonistas e se mostrou uma grande decepção. Atriz antes mesmo de poder ir para a escola sozinha, Bruna conduziu muito bem o seu papel como a protagonista, Liz, enquanto Manu colocou em Milene um tanto do seu jeitinho, que cativou tanta gente no "BBB".

No entanto, o problema não estava nelas ou nos demais integrantes do elenco, mas no roteiro fraco de Natalia Klein. Repleta de clichês e decisões que brincam com a paciência do espectador, a produção ainda conta com uma narração da roteirista - além de escrever, Natalia também atua na série - tão pobre e constrangedora, que mata de vez "Maldivas". Não deu e até a Netflix concordou, cancelando a série após uma única temporada.

Sobre "Maldivas"

Na história, Liz (Marquezine) está atrás da mãe, que a deixou para ser criada pela avó e sumiu. Como a garota descobre depois, ela foi morar em um condomínio de luxo no Rio de Janeiro, o Maldivas, onde formou um grupo de "frenemies", amigas não tão amigas, com Milene (Gavassi), a síndica perfeitinha do lugar; Rayssa (Sheron Menezzes), uma ex-dançarina de axé; e Kat (Carol Castro), a esposa de um corrupto em prisão domiciliar.

A mãe de Liz, Patrícia, vivida por Vanessa Gerbelli, tinha apenas uma amiga, que parecia realmente gostar dela: Verônica, também conhecida por Morticia, uma moradora meio "despirocada", vivida pela criadora e roteirista da série, Natalia Klein, que também é responsável por narrar toda a história.

Quando chega ao Rio de Janeiro e descobre que a mãe acabou de morrer em um incêndio, Liz se infiltra nas vidas dessas mulheres e começa a investigar o que pode ter acontecido com Patrícia, tentando buscar também uma resposta para o motivo de ter sido abandonada para sempre pela pessoa que mais amava.


Qual foi a melhor série e/ou minissérie de 2022? Vote na sua favorita!

  • "Peacemaker"
  • "Cavaleiro da Lua"
  • "Ruptura"
  • "Pretty Little Liars: Original Sin"
  • "Obi-Wan Kenobi"
  • "Stranger Things" (4ª Temporada)
  • "Ms. Marvel"
  • "Andor"
  • "Only Murders in the Building" (2ª Temporada)
  • "Heartstopper"
  • "The Boys" (3ª Temporada)
  • "Sandman"
  • "A Casa do Dragão"
  • "O Senhor dos Anéis: Os Anéis de Poder"
  • "Mulher-Hulk: Defensora de Heróis"
  • "Dahmer: Um Canibal Americano"
  • "O Clube da Meia-Noite"
  • "1899"
  • "The White Lotus" (2ª Temporada)
  • "Wandinha"

+ Já segue o CineBuzz nas redes sociais? Então não perde tempo!


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!