CineBuzz
Busca
Facebook CineBuzzTwitter CineBuzzInstagram CineBuzz
Cinema / ENTREVISTA

"O Lendário Cão Guerreiro": Paulo Vieira e Ary Fontoura falam sobre preparação e desafios na animação

Cinebuzz conversou com a dupla de "O Lendário Cão Guerreiro", que chega aos cinemas nacionais no próximo dia 25 de agosto

Thamyris Couto| @thamy_couto Publicado em 15/08/2022, às 13h10 - Atualizado às 13h59

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
"O Lendário Cão Guerreiro": Paulo Vieira e Ary Fontoura falam sobre preparação e desafios na animação - Divulgação/Paramount Pictures
"O Lendário Cão Guerreiro": Paulo Vieira e Ary Fontoura falam sobre preparação e desafios na animação - Divulgação/Paramount Pictures

"O Lendário Cão Guerreiro" é a nova animação da Paramount Pictures, que chega aos cinemas nacionais ainda neste mês de agosto. E, assim como seus dubladores internacionais, o time de regionais também conta com nomes de peso, como do ator Ary Fontoura e do humorista Paulo Viera. A dupla viverá os dois personagens mais marcantes da história, e o CineBuzz pôde conversar com eles sobre os desafios do longa e o processo de dublagem.

Mas antes, vale conhecer um pouco a história desta nova animação que usa animais no lugar de seres humanos para tratar de problemas sociais. "O Lendário Cão Guerreiro" acompanha a jornada de Hank, um cão de caça sem muita sorte, que, após ser capturado pelo vilão Ika Chu, é enviado para ser o samurai de uma pequena cidade de gatos. Com a ajuda de Jimbo, um samurai aposentado e rabugento, a dupla precisará se unir e defender a vila de gatos contra o exército de Ika Chu, que quer varrer a cidade do mapa. 

Sobre as vozes dos personagens, temos Paulo Vieira em seu primeiro papel como dublador, interpretando o personagem principal HankAry Fontoura no papel de Xogum, a autoridade máxima do território onde se passa o filme; e a estreante Deborah Secco como Yuki, uma mãe preocupada e muito protetora. 

Já no elenco de vozes originais, temos Michael Cera ("Juno") no papel de Hank e Samuel L. Jackson ("Invasão Secreta") interpretando Jimbo, um gato mal-humorado e que esconde seu passado como samurai. O comediante Ricky Gervais ("The Office") também está incluso no elenco como o implacável vilão Ika Chu. Mel Brooks ("Agente 86"), George Takei ("Star Trek"), Aasif Mandvi ("Evil"), Gabriel Iglesias ("Professor Iglesias"), Djimon Hounsou ("Diamante de Sangue"), Michelle Yeoh ("Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo"), Cathy Shim ("O Sol Também é uma Estrela") e a estreante Kylie Kuioka completam o time.

  • "O Lendário Cão Guerreiro" é uma animação com animais falantes como protagonistas e situada em uma cultura diferente da nossa. Como vocês se prepararam para viver essa experiência?

Ary: A partir do script que recebemos da produção, vimos juntos com a direção - que foi primordial neste trabalho - a gente elaborou o que poderíamos usar, qual tom de voz dar ao personagem, se ele poderia ser mais velho ou não, que tipo de graça deveria ser feita. Enfim, houve todo um estudo por trás do que pretendíamos fazer, mas foi relativamente rápido e depois colocamos em prática da melhor forma possível, dentro das características necessárias para o trabalho. Na minha opinião, este foi um trabalho mais a direção do que atuação. 

Paulo: Existe uma preocupação muito grande de fazer esse filme ser interessante para as crianças brasileiras, então tem um entendimento muito grande da história do filme e do que ela tem que contar, do que é cada personagem e como podemos mudar estas frases para elas ficarem mais engraçadas, para as crianças gostarem ainda mais. Então, assim como o Ary falou, este é um trabalho muito fino da direção, e depois vamos para o estúdio e começamos a propor também ideias que possam funcinar. O que muito técnico, muito difícil, mas também muito legal.

  • Vocês tiveram alguma dificuldade durante o processo de dublagem do longa?

Ary: Nós tivemos todo o apoio possível e inimaginável para realizar este trabalho, então não se constituiu em um probema grande. Tudo no sentido de facilitar e fazer algo melhor.

Paulo: Para mim a parte mais difícil foi os gritos, as entonações do personagem. É um gasto energético muito grande, tem que estar muito disponível para conseguir fazer todos estes sons porque é o que dá vida para a cena, mais do que só a fala.

  • Como vocês acham que a animação acabará refletindo no público brasileiro?

Ary: É aquela velha história do cão e do gato, essa rivalidade extrema que existe, que no filme acaba desaparecendo. Isso já será uma grande vitória, quando colocamos em termos de vida. Se as crinaças conseguirem assimilar isso, acredito que será maravilhoso. Porque além da história toda, por trás dele há uma importância muito maior: que é a igualdade do ser humano.

Paulo: Os produtos infantis são muito importantes na formação do caráter, e eu acho que em um mundo tão violento em que estamos vivendo, a gente tem um filme que fala sobre paz, união, parar de brigas e construir algo juntos. Eu acho que é importante para as crianças, até para podermos criar uma geração melhor pela frente.

  • Além dos problemas sociais que o filme aborda, mesmo que de maneira lúdica, o que vocês acham sobre a diversidade que é trazida para a produção?

Ary: É extremamente necessário, porque desde pequeno que você vai se moldando. Então, além de fazer um trabalho [Paulo e eu], nos envolvemos no que isso poderia significar. É uma responsabilidade que não se constituiu apenas na graça que se deu a fazer, mas na mensagem que se propôs a passar.

Paulo: Essa mensagem de ser quem você é não deve dizer para onde você tem que ir ou até onde você pode ir, eu acho que é a maior mensagem do filme. Mesmo sendo um cachorro, você pode ser um samurai, você pode ser o que você quiser. A questão do filme é: lutar contra todo esse povo que diz que você tem um lugar definido. E eu acho isso bonito também.

  • Vocês são de gerações diferentes. Como vocês se relacionaram com as histórias de seus personagens e, especialmente, a do Hank, que decide se tornar um samurai para encarar a vida de forma mais fácil?

Ary: Essa é a magia da interpretação. O intérprete não tem idade, não tem tempo, deve estar sempre disponível ao que aparecer. Se a gente não se atualiza, acabamos não fazendo nada, e essa é a magia do trabalho.

Paulo: Algo semelhante entre eu e o Hank é o olhar que ele tem para o Samurai, que é o mesmo que eu tenho pelo Ary, que é um olhar de muito respeito e autoridade. E isso casou no filme, de os personagens terem essa mesma relação que a gente tem na vida.

Dirigido por Rob Minkoff ("O Rei Leão") e Mark Koetsier, que estreia como diretor de um longa-metragem após trabalhar no departamento de arte de "Kung Fu Panda", "O Lendário Cão Guerreiro" chega aos cinemas nacionais na próxima quinta-feira, dia 25 de agosto. Assista ao trailer:


Para qual lançamento da Marvel você está mais ansioso?

  • "Eu Sou Groot": 10 de agosto de 2022 no Disney+
  • "Mulher-Hulk: Defensora de Heróis": 17 de agosto de 2022 no Disney+
  • "Pantera Negra: Wakanda Para Sempre": 10 de novembro de 2022 nos cinemas
  • "Guardiões da Galáxia: Especial de Natal" (Dezembro no Disney+)
  • "What If...?" - 2ª Temporada: Início de 2023 no Disney+
  • "Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania": 16 de fevereiro de 2023 nos cinemas
  • "Invasão Secreta": Entre março e junho de 2023 no Disney+
  • Guardiões da Galáxia: Volume 3": 4 de maio de 2023 nos cinemas
  • "Echo": Entre junho e agosto de 2023 no Disney+
  • "As Marvels" (16 de fevereiro de 2023 nos cinemas)
  • "Loki" - 2ª Temporada: Entre junho e agosto de 2023 no Disney+
  • "Blade": 2 de novembro de 2023 nos cinemas
  • "Ironheart": Entre setembro e novembro de 2023 no Disney+
  • "Agatha: Coven of Chaos": Fim de 2023/Início de 2024 no Disney+
  • "Daredevil: Born Again": Entre março e junho de 2024 no Disney+
  • "Capitão América: Nova Ordem Mundial": 2 de maio de 2024 nos cinemas
  • "Thunderbolts": 25 de julho de 2024 nos cinemas
  • "Quarteto Fantástico": 7 de novembro de 2024 nos cinemas
  • "Vingadores: A Dinastia Kang": 1º de maio de 2025 nos cinemas
  • "Vingadores: Guerras Secretas": 6 de novembro de 2025 nos cinemas

+ Já segue o CineBuzz nas redes sociais? Então não perde tempo!


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!