CineBuzz
Facebook CineBuzzTwitter CineBuzzInstagram CineBuzz
Famosos / EITA!

Fãs querem Camille Vasquez, advogada de Johnny Depp, como presidente dos EUA; entenda

Camille Vasquez trabalhou com Johnny Depp no julgamento contra Amber Heard

ANGELO CORDEIRO | @ANGELOCINEFILO Publicado em 24/06/2022, às 13h42

Fãs querem Camille Vasquez, advogada de Johnny Depp, como presidente dos EUA; entenda - Divulgação/Getty Images: Kevin Dietsch/Tasos Katopodis
Fãs querem Camille Vasquez, advogada de Johnny Depp, como presidente dos EUA; entenda - Divulgação/Getty Images: Kevin Dietsch/Tasos Katopodis

Após Johnny Depp vencer a ex-esposa Amber Heard em julgamento, diversos fãs do ator ficaram empolgados com a vitória e pensaram em diversos produtos licenciados para exaltar Camille Vasquez, advogada do ator.

Os fãs criaram uma camiseta da jurista em uma campanha para presidência dos Estados Unidos, segundo informações do TMZ. Além das camisetas, as quais saem por US$ 8,50, com os dizeres "Camille Vasquez for President" ("Camille Vasquez para Presidente," na tradução livre), os fãs também pensaram em um boné, que sai por US$ 30, para a advogada como candidata à presidência do país, cargo atualmente ocupado pelo democrata Joe Biden, eleito em 2020.

Para ficar mais inusitado, também fizeram uma vela de oração apolítica com o nome de Vasquez. Vale lembrar que a advogada não manifestou interesse em concorrer a um cargo na esfera política.

Confira os produtos:

Foto: Reprodução/Etsy (via TMZ)

O CASO JOHNNY DEPP VS AMBER HEARD

Após sete semanas de depoimentos e deliberações de quase quatro dias, o corpo do júri, formado por sete pessoas, cuja identidade deve ser preservada por um ano, anunciou nesta terça-feira (1º) o veredito do caso envolvendo os atores e ex-casal Johnny Depp e Amber Heard.

O astro de "Piratas do Caribe" pedia US$ 50 milhões por danos, devido a um artigo de Amber Heard sobre violência doméstica publicado no "Washington Post" em 2018, afirmando que teria sido difamado pela ex-esposa. Por vencer o processo, Depp receberá US$ 15 milhões de Heard.

Já a atriz de "Aquaman" pedia o dobro (US$ 100 milhões) por declarações de um ex-advogado de Depp chamando seu relato de "farsa". Cada um dos atores declarava ter sido abusado durante o período em que estiveram juntos.

Johnny Depp não estava presente no tribunal e assistiu à decisão por vídeo, da Inglaterra, onde se encontra para fazer um show com Jeff BeckAmber Heard presenciou a decisão no tribunal.

O julgamento por difamação foi transmitido ao vivo pela internet entre 11 de abril e o último dia 27, o que gerou grande repercussão pela relação conturbada vivida pelos dois enquanto formavam um casal. Nas redes sociais, as hashtags "#JusticeForJohnnyDepp" ("Justiça para Johnny Depp") e "#JusticeForAmberHeard" ("Justiça para Amber Heard") estiveram entre os assuntos mais comentados durante todo o período.


+ Já segue o CineBuzz nas redes sociais? Então não perde tempo!