CineBuzz
Busca
Facebook CineBuzzTwitter CineBuzzInstagram CineBuzz
Famosos / CASO GRAVE

Presidente da Max ignora transfobia de J.K. Rowling em anúncio de série de "Harry Potter"

Autora, que frequentemente tem posicionamentos transfóbicos, será produtora executiva da novidade

Henrique Nascimento | @hc_nascimento - Publicado em 13/04/2023, às 14h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Presidente da Max se recusou a comentar transfobia de J.K. Rowling após anúncio de série de "Harry Potter" - John Phillips/Getty Images
Presidente da Max se recusou a comentar transfobia de J.K. Rowling após anúncio de série de "Harry Potter" - John Phillips/Getty Images

Casey Bloys, presidente e diretor executivo de conteúdo da HBO e da Max, nova plataforma de streaming da Warner Bros. Discovery, se recusou a comentar o posicionamento transfóbico de J.K. Rowling, que foi anunciada como produtora executiva de uma série baseada nos livros de "Harry Potter".

Segundo a Variety, durante uma conversa com a imprensa após o anúncio das novidades da empresa, Bloys afirmou que isso é "um assunto da internet" e a "prioridade é o que está na tela. "Essa é uma conversa muito online, com muitas nuances e complicações, e não é algo que vamos abordar", declarou.

"Nossa prioridade é o que está na tela. Obviamente, a história de 'Harry Potter' é incrivelmente afirmativa e positiva, sobre amor e auto-aceitação. Essa é a nossa prioridade: o que está na tela", ainda disse.

“[Rowling] estará envolvida. Ela é uma produtora executiva na série [e] suas perspectivas serão úteis para isso", finalizou Bloys. De acordo com o que foi dito no anúncio da série, o envolvimento da escritora, que é autora dos sete livros da franquia, é necessária "para ela se mantenha fiel ao seu material original".

Ainda sem previsão de estreia, a produção deve adaptar um livro por temporada, assim como o Disney+ pretende fazer com "Percy Jackson & Os Olimpianos", série infanto-juvenil escrita por Rick Riordan, e está dentro de um plano de dez anos da Warner Bros. Discovery. "Nós estamos maravilhados por dar aos espectadores a oportunidade de descobrir Hogwarts de uma forma completamente nova", celebrou Bloys no anúncio.

"'Harry Potter' é um fenômeno cultural e está claro que existe um amor duradouro e uma sede pelo Mundo Mágico. Em parceria com a Warner Bros. Television e J.K. Rowling, essa nova série Max Original mergulhará profundamente em cada um dos livros icônicos que os fãs continuaram a apreciar por todos esses anos", ainda disse.

Publicada entre 1997 e 2007, a saga "Harry Potter" foi adaptada para oito filmes, lançados entre 2001 e 2011. Anos depois, a franquia ainda ganhou uma continuação no teatro, "Harry Potter e a Criança Amaldiçoada", e um prequel nos cinemas, "Animais Fantásticos e Onde Habitam", prevista para ser uma pentalogia, mas com apenas três filmes lançados até o momento.

Qual foi o melhor filme de 2023 até agora? Vote no seu favorito!

  • "M3GAN"
  • "Batem à Porta"
  • "Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania"
  • "Pearl"
  • "Creed III"
  • "Pânico 6"
  • "Shazam! Fúria dos Deuses"
  • "John Wick 4: Baba Yaga"
  • "Super Mario Bros. O Filme"
  • "Dungeons & Dragons: Honra Entre Rebeldes"

Já segue o CineBuzz nas redes sociais? Então não perde tempo!


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!