CineBuzz
Cinema / CINEMACON

Austin Butler e Baz Luhrmann descrevem experiência do set de "Elvis" e contam novidades; confira

Cinebiografia que contará a trajetória de Elvis Presley, chega aos cinemas nacionais em 14 de julho

Thamyris Couto| @thamy_couto Publicado em 27/04/2022, às 11h30 - Atualizado às 11h51

Austin Butler e Baz Luhrmann descrevem experiência do set de "Elvis" e contam novidades; confira - Divulgação/Warner Bros
Austin Butler e Baz Luhrmann descrevem experiência do set de "Elvis" e contam novidades; confira - Divulgação/Warner Bros

Chegou a vez da Warner Bros expor suas novidades na Cinemacon 2022, evento responsável por trazer notícias exclusivas dos lançamentos do ano. No palco, estiveram o diretor e protagonista de "Elvis", cinebiografia do rei do rock, Baz Luhrmann e Austin Butler (“The Carrie Diaries”) contando mais sobre os bastidores da produção, processo de criação e muito mais.

Começando por Luhrmann, o cineasta respondeu algumas perguntas sobre a obra em si, e revelou sua afeição por longas como o de Elvis Presley. "Eu amo filmes biográficos, este não é realmente um filme biográfico", declarou o diretor. "É realmente sobre a América nos anos 1950, 1960 e 1970. No centro da cultura, para o bem, o mal e o feio, estava Elvis Presley", continuou.

Sobre sua perspectiva para o filme, ele escolheu algo mais voltado ao público jovem, por isso a narração da história sob a óptica do Coronel Tom Parker, pesonagem vivido por Tom Hanks ("Forrest Gump"). E claro, não pôde deixar de contar como foi trabalhar com o astro. "Ele é um pouco ansioso e tal, tive que treiná-lo muito para tirá-lo de sua concha", brincou. "Eu trabalhei com todo mundo, todos os tipos de ícones e meu Deus, Tom Hanks é o Rolls Royce dos atores".

Mais tarde, Butler se juntou ao diretor na roda de conversa, e também contou sobre o processo de escalação para um papel tão importante e o processo até o filme ser finalizado. "A principal coisa que eu me propus a encontrar era sua humanidade. Ele é um daqueles indivíduos que foi elevado a um status tão icônico que é quase sobre-humano", respondeu.

Por fim, Luhrmann fez uma alusão de "Elvis" como um filme de super-herói, após elogiar o trabalho de Matt Reeves em "Batman", outro filme da Warner cuja sequência também foi confirmada no evento. "Elvis é o super-herói original. Ele vem da sujeira e em alguns momentos ofuscantes, sobe tão alto, encontra sua kryptonita e cai", declarou.

E para fechar com aquele gosto de "quero mais", o THR informou que um trecho inédito de "Elvis" foi exibido após o final da conversa. Segundo o site, a prévia narrada por Hanks diz: "Naquele momento, Elvis, o homem, foi sacrificado e Elvis, o Deus, nasceu", durante uma performance de "Trouble" de Presley, após ele ser retirado do palco em um confronto com sua audiência e a polícia.

"Elvis" será exibido no Festival de Cannes, que deve acontecer entre os dias 17 e 28 de maio na França, enquanto no Brasil, chegará aos cinemas no dia 14 de julho.


+ Já segue o CineBuzz nas redes sociais? Então não perde tempo!