CineBuzz
Busca
Facebook CineBuzzTwitter CineBuzzInstagram CineBuzz

Dia dos Povos Indígenas: 5 filmes para se conscientizar sobre a importância da data

Conheça produções que destacam a cultura, a história e a diversidade dos povos originários

Vitoria Rondon Publicado em 19/04/2023, às 11h30

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Dia dos Povos Indígenas celebra a diversidade dos povos originários (Imagem: Reprodução digital | Gullane Filmes)
Dia dos Povos Indígenas celebra a diversidade dos povos originários (Imagem: Reprodução digital | Gullane Filmes)

Em 19 de abril, é celebrado o “Dia Nacional dos Povos Indígenas”. Uma homenagem à diversidade cultural e histórica dos povos originários que habitam o Brasil, a data tem como objetivos combater preconceitos e exigir que os direitos desses nativos sejam respeitados.

Criada em 1943, com o nome de “Dia do Índio”, a comemoração foi adotada no Brasil durante o governo de Getúlio Vargas. Isso ocorreu após a realização do Congresso Indigenista Interamericano e as pressões de Marechal Rondon, importante apoiador das populações indígenas brasileiras.

Apesar de o nome da data ter sido alterado pela Lei n° 14.402, de 2022, para explicitar a diversidade cultural dos povos originários, o dia ainda é dedicado à reflexão e à inclusão dessas pessoas na sociedade. Por isso, selecionamos 5 filmes para você expandir o olhar e compreender a importância dos indígenas para o coletivo. Veja!

1. A Última Floresta (2021)

Cena de um indígena no documentário
Documentário “A Última Floresta” (Imagem: Reprodução digital | Gullane Filmes)

Dirigido por Luiz Bolognesi, mesmo diretor de “Uma História de Amor e Fúria”, o documentário ficcional retrata a resistência do povo Yanomami para preservar suas vidas e tradições culturais. Enquanto Davi Kopenawa, líder Yanomami, tenta manter vivos os espíritos da floresta e os costumes de seu povo, a chegada de garimpeiros traz morte e coloca em risco a vida na aldeia.

Isolados na Amazônia, os indígenas são afligidos por doenças e atraídos por bens trazidos por brancos. Em meio às aflições, Ehuana, esposa de Davi, vê o seu marido desaparecer e tenta compreender o que aconteceu a partir de seus sonhos.

Onde assistir: Netflix.

2. Ainbo: A Guerreira da Amazônia (2021)

Cena do filme de animação
Filme “Ainbo: A Guerreira da Amazônia” (Imagem: Reprodução digital | Tunche Films, Cinema Management Group, Cool Beans e Epic)

Para o público infantil, a animação, dirigida e roteirizada por Richard Claus, mesmo diretor de “Meu Amigo Vampiro”, é um dos destaques da lista. Narrando a história de Ainbo, uma menina que nasceu e foi criada na aldeia de Candámo, na floresta Amazônica, o filme mostra como a ganância afeta o dia a dia dos povos indígenas.

Após descobrir que a sua tribo está sendo ameaçada por outros seres humanos, a menina embarca em uma perigosa missão para salvar os Yakuruna. Com a ajuda de espíritos animais, luta para apagar a maldade dos homens brancos do coração de seu povo.

Onde assistir: Telecine, Prime Video, YouTube e Google Play Filmes e TV.

3. A Febre (2019)

Cena do personagem Justino no filme
Filme “A Febre” (Imagem: Reprodução digital | Enquadramento Produções, Komplizen Film e Vitrine Filmes)

Estrelado por Regis Myrupu, premiado com o Leopardo de Ouro no Festival de Locarno, na Suíça, a trama conta a história de Justino, um indígena de Manaus que mora há 20 anos na cidade e trabalha de segurança no porto local.

Baseada na ligação dos indígenas com suas origens, a história gira em torno de uma febre misteriosa que acomete Justino. Mesmo longe de seu povo e inseguro, o personagem começa a ter sonhos estranhos e inexplicáveis. No entanto, uma série de ataques a animais pode finalmente explicar o que a febre quer dizer.

Onde assistir: Netflix, GloboPlay, YouTube e Google Play Filmes e TV.

4. Ex-Pajé (2018)

Capa do documentário
Documentário “Ex-Pajé” (Imagem: Reprodução digital | Gullane Filmes)

Premiada pelo júri de documentários do Festival de Berlim com a “Menção Honrosa” do Glashütte Original Documentary Award, o maior prêmio dado aos documentários, a obra conta a história de um poderoso pajé. Ele, por sua vez, passa a questionar a sua fé depois de ter contato com os brancos, que julgam e demonizam a sua religião.

Comandada por um pastor intolerante, a missão evangelizadora passa a colocar em dúvida costumes e crenças dos indígenas. No entanto, ela é questionada quando a morte passa a rondar a aldeia, e somente a sensibilidade do pajé aos espíritos da floresta pode salvar o povo.

Onde assistir: Netflix, YouTube e Google Play Filmes e TV.

5. Xingu (2011)

Cena dos irmãos Villas Bôas no filme 'Xingu'
Filme “Xingu” (Imagem: Reprodução digital | Sony Pictures Entertainment e Downtown Filmes)

Contando a história da criação de um dos clássicos parques de preservação ambiental, o filme narra a trajetória dos irmãos Orlando (Felipe Camargo), Cláudio (João Miguel) e Leonardo Villas Bôas (Caio Blat). Eles resolvem trocar a vida na cidade para viver na floresta.

Enquanto vivenciam aventuras e desbravam o Brasil, os irmãos entram em contato com aldeias indígenas e tornam-se referência na relação com estes povos. Assim, passam a lutar pelos direitos dos nativos e criam o famoso Parque do Xingu, referência na diversidade socioambiental e cultural da Amazônia brasileira.

Onde assistir: Netflix.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!