CineBuzz
Busca
Facebook CineBuzzTwitter CineBuzzInstagram CineBuzz

Dia Mundial do Transtorno Bipolar: 5 filmes que falam sobre o assunto

Filmes sobre o transtorno bipolar podem inspirar e informar, contribuindo com a conscientização

Manoella Bittencourt Publicado em 30/03/2023, às 13h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Filmes podem informar e conscientizar sobre transtornos (Imagem: bbernard | ShutterStock)
Filmes podem informar e conscientizar sobre transtornos (Imagem: bbernard | ShutterStock)

Em iniciativa da Sociedade Internacional para Transtornos Bipolares, a data de aniversário do artista Van Gogh, 30 de março, foi eleita o Dia Mundial do Transtorno Bipolar, em homenagem à condição psíquica com que o pintor convivia. Assim como ele, estima-se que até 5% da população tenha o diagnóstico, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). Além de ter uma causa desconhecida, a bipolaridade também é difícil de ser identificada e requer uma série de recursos profissionais para detectar e tratar.

É importante que as pessoas que vivem com transtorno bipolar sejam representadas no cinema e na TV. No entanto, a mídia, muitas vezes, exagera nos altos e baixos emocionais da condição. Pessoas com a condição podem se parecer com qualquer pessoa; independentemente da faixa etária, é possível que trabalhem e tenham vida social ativa. Uma representação mais fiel pode ajudar a aumentar a conscientização sobre a condição e reduzir o estigma em torno desta. Logo, confira 5 filmes que retratam a bipolaridade.

1. O Lado Bom da Vida

Imagem do filme
O Lado Bom da Vida (Imagem: Reprodução Digital | Paris Filmes)

O filme de 2012 é baseado no livro escrito por Matthew Quick. Conta a história de um homem chamado Pat (Bradley Cooper) que, após uma série de ações, acaba em um hospital psiquiátrico. No local, ele é diagnosticado com transtorno bipolar e tem dificuldade em aceitar isso. Assim, volta a morar com os pais e planeja reconquistar a ex; no entanto, ao conhecer Tiffany (Jennifer Lawrence) – que também possui oscilações de humor – e com o apoio de terapia, amigos e família, entra no caminho de uma boa recuperação.

Onde assistir: Netflix e Prime Video.

2. Sentimentos que curam

Imagem do filme
Sentimentos que curam (Imagem: Reprodução Digital | Imagem Filmes)

Baseado na infância da escritora e diretora Maya Forbes, o filme, de 2014, se passa na década de 1970. O pai, Cameron (Mark Ruffalo), vive com transtorno bipolar. Ele assume o cuidado das filhas quando a mãe delas entra para a pós-graduação e se muda. O longa mostra como o transtorno bipolar pode perturbar uma família. Porém, também apresenta momentos de muito amor e a importância de buscar ajuda.

Onde assistir: Apple TV+, Google Play e YouTube.

3. As Horas

Imagem do filme
As Horas (Imagem: Reprodução Digital | Paramount Pictures)

Filme que rendeu um Oscar a Nicole Kidman na interpretação da escritora Virginia Woolf, o longa, de 2001, retrata um dia na vida de três mulheres de gerações distintas que possuem o transtorno bipolar e como “Mrs. Dalloway”, obra de Woolf, afetou cada uma delas – incluindo a própria autora, em 1923. O filme também conta com a renomada Meryl Streep atuando como Clarissa Vaughn, uma editora nova-iorquina em 2001, e Julianne Moore como Laura Brown, uma dona de casa grávida e infeliz que tenta sustentar um casamento em Los Angeles em 1950.

Onde assistir: Apple TV+, NET, Claro Video e Prime Video.

4. Com amor, Van Gogh

Imagem do filme
Com amor, Van Gogh (Imagem: Reprodução Digital | A2 Filmes)

Com tinta a óleo sobre tela, o filme, de 2018, é a primeira animação do mundo feita totalmente com pinturas e explora a vivência de Vincent Van Gogh. O longa passa um ano após a morte do artista e apresenta um carteiro fazendo com que o filho preguiçoso, Armand (Douglas Booth), entregue em mãos a última carta do pintor escrita para o então falecido irmão, Theo (Cezary Lukaszewicz). Explorando as nuances de comportamento e os pensamentos do pintor por meio da história, o filme caracteriza a relação dos irmãos.

Onde assistir: Prime Video e YouTube.

5. Por Lugares Incríveis 

Imagem do filme
Por Lugares Incríveis (Imagem: Reprodução Digital | Netflix)

Em adaptação do livro de mesmo nome, o filme, de 2020, aborda a história de Violet Markey (Elle Fanning) e Theodore Finch (Justice Smith). Após se conhecerem, mudam a vida um do outro para sempre. Enquanto lutam com as cicatrizes emocionais e físicas do passado, eles se unem, descobrindo novos lugares e criando momentos que podem significar algo. O rapaz, convivendo com transtorno bipolar, enfrenta dificuldades para manter a constância na relação.

Onde assistir: Netflix.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!