CineBuzz
Busca
Facebook CineBuzzTwitter CineBuzzInstagram CineBuzz

Filme ‘Os Cinco Diabos’ brinca com o passado em história no presente

Muito mais do que superpoderes, a obra se aprofunda nas relações familiares

Redação EdiCase Publicado em 31/03/2023, às 13h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Aprenda sobre amor e superação em "Os Cinco Diabos" (Imagem: Reprodução Digital | O2 Play)
Aprenda sobre amor e superação em "Os Cinco Diabos" (Imagem: Reprodução Digital | O2 Play)

Os Cinco Diabos é um longa-metragem dirigido pela francesa Léa Mysius. Ele retrata a vida de Vicky, uma garota solitária que possui um olfato superpoderoso. O filme se desenvolve a partir do momento em que a irmã de seu pai, que sumiu há 10 anos, volta para a cidade.

O filme não apresenta apenas uma história de uma garota com poderes, já que estes passam a ser quase irrelevantes quando algo muito mais poderoso nos é apresentado: as relações entre os pais da garota, sua tia e outros personagens do passado.

Tais laços são mostrados de forma muito criativa e sincera – o que poderia ser, facilmente, um flashback, é substituído por um elemento muito mais interessante (que se liga à Vicky) e que nos lembra de ficções científicas -, mas ainda assim mantendo a emoção do momento como se os estivéssemos presenciando.

Fotografia do filme

Em aspectos mais técnicos, a fotografia apresenta uma decupagem dinâmica e bela, que nos lembra do passado dos personagens. E isso acontece mesmo quando a cena se passa nos dias atuais – como um simples quadro do casamento presente no enquadramento enquanto os pais de Vicky discutem sua relação.

Cena do Filme Os Cinco Diabos
Os Cinco Diabos é um longa-metragem dirigido pela francesa Léa Mysius (Imagem: Reprodução Digital | O2 Play)

Adèle Exarchopoulos

Por fim, Adèle Exarchopoulos (Azul é a Cor Mais Quente, 2013) finalmente recebe a abertura para um filme que envolve temáticas LGBT dirigido por uma mulher – e dá um show nele. Suas microexpressões trazem sinceridade o suficiente para conseguirmos sentir a tensão e o conflito psicológico de uma personagem que tem que lidar com o passado mesmo depois de uma década.

Vale a pena assistir

Assim, Os Cinco Diabos é um filme que vale a atenção. A linguagem estrangeira não-inglesa pode assustar inicialmente um público geral, mas a proximidade com os personagens e suas histórias, erros e relacionamentos se tornam tão reais que nos lembram que a dor e o amor pelo passado são linguagens constantes pelo mundo todo.

Por Antonio Carqueijó

Cursa Cinema na FAAP/SP, além de ser um apaixonado pelo universo Marvel.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!